Notícias

10h15

Museu da Misericórdia recebeu exposição temporária inédita sobre a Índia

De 26 de outubro a 17 de dezembro 24 imagens revelaram o país sob o olhar de fotógrafos baianos

Compartilhe
Tamanho da Fonte
Museu da Misericórdia recebeu exposição temporária inédita sobre a Índia

As cores e a rica cultura da Índia deram o tom da exposição "Uma Índia, dois olhares", que ficou em exibição de 26 de outubro a 17 de dezembro no Museu da Misericórdia. Com fotos de Armando Correa Ribeiro e Sinisia Coni, a mostra inédita contou com 24 registros que revelam a paixão e sensibilidade do casal de fotógrafos diante das belezas do país asiático, com curadoria de Heitor Reis.

O festival Holi das Cores, que comemora a chegada da primavera e homenageia o deus Krishna, atraiu a dupla à Índia. "É uma comemoração popular que promove o relacionamento de todas as castas com música, danças e muito pó colorido. Para nós, fotógrafos, é um momento mágico", conta Armando. Para Sinisia, o povo é o que o país tem de mais valioso. "Me atraiu a essência das pessoas, seus hábitos, suas crenças e, principalmente, sua amabilidade e afabilidade", afirma.

Em suas fotos, Armando traz as expressões e sentimentos dos indianos, entre olhares alegres e melancólicos que, segundo ele, combinam com o país em que vivem. Já Sinisia captou uma Índia mística e sagrada através do ritual de adoração a Shiva, um dos principais deuses do hinduísmo, nas águas sagradas do rio em Varanasi. Com diversas experiências ao redor do mundo, eles acreditam que a emoção sentida na Índia é única e indescritível.

 

Sobre Armando CR e Sinisia Coni

A carreira de empresário não apagou em Armando Correa Ribeiro a paixão pela fotografia, nutrida desde a infância, por incentivo do avô.  O mesmo sentimento alimenta desde sempre a trajetória de Sinisia, sua companheira de vida. Autodidatas, os dois viajam juntos descobrindo novos lugares, culturas e segredos do mundo. Com prêmios conquistados na Noruega e na França, eles acumulam ensaios e exposições em diversos países. O foco agora é conhecer e registrar o continente asiático. Antes da Índia, estiveram no Camboja e Vietnã. Em 2018, seguirão para Mianmar e Butão.

 

Sobre o Museu da Misericórdia

Instalado no prédio que abrigou o primeiro hospital da Bahia e a sede administrativa da Santa Casa da Bahia, em prédio erguido no século XVII e tombado pelo IPHAN em 1938, o Museu da Misericórdia é um dos mais importantes espaços culturais do estado e possui em seu acervo obras que contam parte da história da Bahia e do Brasil. Pertencente à Santa Casa da Bahia, o museu também tem em seu espaço a Igreja da Misericórdia, um dos mais significativos monumentos religiosos de Salvador, considerada uma grande representante dos estilos barroco, neoclássico e rococó.

Deixe seu comentário
Apoio Financeiro:
Museu da Misericórdia
2016 - 2019. Museu da Misericórdia. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital